opinião preta

Publicado em março 24th, 2016 | pela Tia Luí

0

csi sachê

para começar, gostaria de dizer que sinto muitíssimo pela morte dos quatro gatinhos da senhora do facebook. tendo disso isso, gostaria de ressaltar que não estou sendo paga para defender ninguém. nem sou uma louca maníaca apaixonada por alguma marca para defender ninguém. também não conheço a pessoa envolvida para acusá-la. o fato é que o assunto ganhou tanta repercussão que eu resolvi me manifestar!

não precisa ser nenhum médico forense para saber que somente um exame de necropsia é capaz de revelar a causa da morte de alguém. seja animal ou não. é impossível vc acordar, alimentar seu animal seja lá com que alimento, sair de casa, votar no fim do dia e, infelizmente, encontrá-los mortos e afirmar que o alimento matou seu animal.

de qualquer forma, se vc desconfia que algum alimento intoxicou seu animal, o mais correto a fazer é levar ele a um veterinário e pedir uma necropsia. o exame mostrará de fato o que aconteceu e só então poderemos ter provas para, inclusive, processar os culpados, caso haja mesmo algum.

se vc não tem grana e desconfia que o alimento industrializado matou seu animal, entre em contato com a empresa, explique a situação e veja se ela pode te ajudar. infelizmente estas coisas podem demorar e por isso, é importante que vc não enterre seu animal e nem creme ele, assim vc terá o corpinho dele como evidência. se a empresa se negar, peça ajuda. a internet hoje em dia é, cada vez mais, um balaio de pedidos de ajuda. eu recebo pedidos de ajuda o tempo todo e ajudo quando sou capaz de fazer. sendo com grana ou com divulgação.

juro que estou pensando há dois dias no caso e todas as possibilidades e vamos ao meu raciocínio:

1. um lote inteiro envenenado já deveria mostrar outros casos
2. pessoa mora em casa e é viável envenenamento proposital pois é possível jogar algo por cima dos muros
3. pessoa não viu os gatos morrerem, logo entre a alimentação citada e a hora que ela chegou em casa 1001 coisas podem ter acontecido
4. os corpos dos gatos não passaram por nenhum exame, nem visual, com um profissional
5. não sei em que condições estes gatos viviam
6. não conheço a pessoa para afirmar qualquer coisa
7. meus gatos se alimentam se sachê ao menos duas vezes ao dia sem nenhum incidente há anos

sendo assim, acreditei que não seria legal compartilhar uma informação que eu não sei nada a respeito, sem provas! este tipo de coisa gera pânico nas pessoas e pode ser muito irresponsável. de toda forma, estou acompanhando de perto o caso para saber quais os desdobramentos, pois como tutora de gatos, tenho total interesse em saber a realidade.

consultei fundadoras de duas ongs e elas pensam como eu: sem provas não temos que alardear um caso isolado.

o que eu quero com este post, gente? quero levar um pouco de lucidez para todos nós. antes de acreditarmos em tudo, vamos parar um minuto para pensar e ver se faz sentido, se estamos criando pânico sem necessidade!

as pessoas já não têm acesso à informação e a gente ainda espalha coisas sem provas?

eu amo a internet, mas vamos combinar que aqui é terra de ninguém? qualquer um pode sair escrevendo um monte de coisas sem provas. por favor, eu não estou falando que o é o caso. realmente estou com o coração estilhaçado desde que vi a foto dos gatinhos mortos. a imagem em si já choca, mas eu crio o mesmo número de gatos e me identifiquei na hora.

espero do fundo do coração que isso seja resolvido!

=(

Tags: , , , ,


Sobre a Autora

Tia Luí

é a louca dos gatos. Mãe de quatro peludos: Senhor Nicolau, Miguel Cara Preta, Lorena e Rita (Preta). Também tem um sobrinho cachorro e maluco, o Bubu. Luí é catsitter há mais de cinco anos e ama cuidar dos gatinhos das pessoas como se fossem dela <3



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑
  • Instagram

  • Apoio e Parceria

    Bigodinhos

    Miados e Latidos

    Catloversday

  • No Facebook